Últimas notícias de economia, política, carros, emprego, educação, ciência, saúde, cultura do Brasil e do mundo. Vídeos dos telejornais da TV Globo e da GloboNews.
Pecuarista investe mais na produção de carne bovina em 2019 e setor projeta preços altos em 2020

Exportações aquecidas e valores recordes oferecidos no ano passado motivaram o produtor. Para 2020, remuneração deve continuar próxima ao pico de preços de 2019. Animais confinados no interior de SP Reprodução/TV TEM O pecuarista brasileiro investiu mais na produção de carne bovina em 2019, de acordo com levantamento feito pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada da USP (Cepea) em parceria com uma empresa de nutrição animal. Kuwait abre mercado para a carne bovina brasileira Segundo o pesquisador do Cepea Thiago Bernardino de Carvalho, as exportações aquecidas e a retomada do consumo no Brasil fizeram o produtor acelerar a engorda do animal para aproveitar os preços recordes oferecidos pelos frigoríficos. O estudo mostrou que o número de animais confinados no país cresceu 2% no ano passado, chegando a 5,26 milhões de cabeças. "Os números de 2019 mostram que o confinamento chegou mais cedo aos 5 milhões de bovinos, pois projetávamos chegar nesse rebanho em 2020", diz o pesquisador do Cepea. O confinamento é um sistema de criação intensivo em que o produtor investe para engordar o boi com ração, o que acelera o processo. Um animal criado no pasto demora mais de um ano para ficar pronto para o abate, já o confinado consegue isso em meses. Somado aos produtores que optam pelo semiconfinamento, que é o fornecimento de ração no pasto, são 13 milhões de bovinos dentro de um sistema que acela a engorda. Se compararmos com o total de animais no país, cerca de 213 milhões, ainda é um patamar baixo, mas o setor mostra evolução, com crescimento ano após ano. Segundo a DSM, empresa que participa do estudo, com a estrutura atual, os produtores brasileiros poderiam dobrar o número de bois confinados. "O nosso levantamento comprova que o produtor está cada vez mais atento para a produtividade e à rentabilidade", afirma Marcos Buselli, gerente da empresa de nutrição. Investimento valeu a pena O gasto do produtor normalmente é maior neste método, mas, segundo o levantamento, o investimento valeu a pena em 2019. Um pecuarista que seguiu as orientações do Cepea conseguiu lucro mensal de 4,31%. Considerando que o período de confinamento dura 3 meses, o retorno foi de 12,9%, muito acima da média nacional de 3,26% e de países como Argentina e Austrália. Preço da arroba deve seguir alto em 2020 Thiago Bernardino de Carvalho, do Cepea, projeta que o produtor que optar pelo confinamento poderá ter boas margens de lucro, acima do que foi conquistado em 2019. O Cepea estima que o preço pago ao pecuarista pela arroba do boi (15 kg) ficará em torno de R$ 219 neste ano, levando em conta o valores negociados atualmente no mercado futuro. Como comparação, o recorde de preços de 2019 foi de R$ 231,50 por arroba. O pesquisador não projetou os valores para o consumidor final, mas, quando a arroba está alta, o preço no supermercado também sobe. Carvalho explica que o valor é reflexo da demanda chinesa por carnes, que deve continuar alta neste ano, ainda reflexo da peste suína africana, que dizimou rebanhos de porcos por lá. Além disso, o consumo interno, a abertura de novos mercados e os preços altos de itens fundamentais da ração, como milho e soja, não vão permitir valores menores. O pesquisador coloca como um ponto de alerta o desdobramento do Covid-19, o novo o coronavírus, na economia da China e o acordo comercial entre chineses e americanos. Segundo ele, são dois fatores que podem afetar o mercado aqui no Brasil. Veja mais notícias do Agronegócio no G1
Wed, 19 Feb 2020 16:37:18 -0000
VÍDEOS: RJ1 TV Rio Sul de quarta-feira, 19 de fevereiro

Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Sul do Rio de Janeiro e Costa Verde. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Sul do Rio de Janeiro e Costa Verde.
Wed, 19 Feb 2020 16:37:07 -0000
VÍDEOS: SP1 desta quarta-feira, 19 de fevereiro

Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de São Paulo. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de São Paulo.
Wed, 19 Feb 2020 16:36:37 -0000
VÍDEOS: TEM Notícias 1ª edição de Itapetininga desta quarta-feira, 19 de fevereiro

Assista aos vídeos do telejornal com notícias de Itapetininga e Região. Assista aos vídeos do telejornal com notícias de Itapetininga e Região.
Wed, 19 Feb 2020 16:35:42 -0000
Homens são baleados no Jardim Nair Maria em Salto
Dupla foi encaminhada ao Hospital Local, onde permanece em observação. Possíveis autores ainda não foram localizados. Dois homens foram baleados na Avenida Remigio Della Vechia, no Jardim Nair Maria, em Salto (SP), na manhã desta quarta-feira (19). De acordo com a Polícia Militar, uma equipe foi acionada por volta das 9h20 para atender à ocorrência e, quando chegou ao local, encontrou as duas vítimas atingidas por disparos de arma de fogo. A dupla foi socorrida pela Unidade de Resgate e encaminhada ao Hospital Local, onde passou por atendimento médico e permanece em observação. Os homens contaram à polícia que, pela manhã, houve uma discussão entre eles e duas pessoas que passavam pelo local. Em seguida, segundo as vítimas, os suspeitos teriam voltado em um carro para efetuar os disparos e fugido. Os possíveis autores ainda não foram localizados. Veja mais notícias da região no G1 Sorocaba e Jundiaí
Wed, 19 Feb 2020 16:35:32 -0000
Polícia captura 13º foragido após fuga em massa de presídio no AC; 13 seguem livres

Mirleson Nascimento da Silva foi recapturado pelo Bope no último dia 14 de fevereiro em rodovia de Rio Branco. Mirleson Nascimento da Silva foi recapturado pelo Bope no dia 14 de fevereiro, em Rio Branco Divulgação/Iapen-AC Sobe para 13 o número de presos capturados após a fuga em massa no Complexo Penitenciário de Rio Branco, no último dia 20. Mirleson Nascimento da Silva foi localizado na sexta-feira (14), na rodovia AC-40, no Ramal da Castanheira, em Rio Branco. Após denúncia anônima informando o endereço onde estaria um dos foragidos, os policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) conseguiram localizar Silva. A informação foi divulgada somente nesta quarta-feira (19). Além de Silva, outros 12 detentos já foram capturados e levados de volta para o presídio. Ainda restam outros 13 foragidos. Fuga em massa Os detentos fugiram do pavilhão L, onde cumpriam pena em regime fechado. A fuga ocorreu após um fim de semana violento com sete execuções na capital. Um vídeo mostra o momento exato em que os 26 presos escalaram o muro e deixaram a unidade. Para escapar do presídio no último dia 20, eles fizeram um buraco na parede da cela e improvisaram cordas com lençóis. Os presos são da facção criminosa denominada Bonde dos 13, aliada ao Primeiro Comando da Capital (PCC), que atua em vários estados brasileiros. Logo após a fuga, o secretário de Segurança Pública em exercício, Ricardo dos Santos, não descartou uma possível ligação entre a fuga em massa no FOC e o caso dos 76 detentos que fugiram de um presídio no Paraguai, no último dia 19 de janeiro. O Ministério Público do Acre (MP-AC) instaurou um procedimento administrativo para investigar as fugas no FOC. O promotor Tales Tranin acompanha as investigações das polícias Civil, Militar e do Iapen-AC para saber se houve facilitação de algum servidor público nas fugas. O G1 teve acesso a um levantamento da sentença dos 26 presos que fugiram do FOC. Somadas, as penas dos detentos ultrapassam mil anos. Entre os crimes praticados estão: roubo, furto, homicídio, corrupção de menores, latrocínio, tráfico de drogas, tentativa de homicídio, entre outros. Outros 13 presos do FOC seguem foragidos após fuga em massa Divulgação/Iapen-AC Confira os nomes dos presos que seguem foragidos: Francisco Santos Braga Rogério Furtado dos Santos Ariclene Firmiano da Silva Dheyci de Angelo Lima e Lima Aloísio Lucas Mesquita Saymon Wallace Fonseca do Nascimento Valber de Aguiar Morais Ezimar Menezes Teixeira Raimundo Nonato dos Santos Fonseca Joel Menezes de Queiroz José Valdenes Viana da Silva Gerilto Caetano da Silva Sebastião Weverton Lima de França.
Wed, 19 Feb 2020 16:34:01 -0000
G1 na Rede detalha mobilização de combate a violência obstétrica

Acompanhe por aqui o JAP1, JAP2 e G1 na Rede. G1 na Rede detalha mobilização de combate a violência obstétrica Acompanhe por aqui o JAP1, JAP2 e G1 na Rede. O G1 transmite ao vivo, diariamente, os telejornais Jornal do Amapá - 1ª edição, às 12h, e o Jornal do Amapá - 2ª edição a partir de 19h15. . De terça à sexta-feira, o portal também transmite o quadro de entrevistas G1 na Rede, a partir de 13h30.
Wed, 19 Feb 2020 16:33:34 -0000
Em Salvador, Cacique Raoni comenta polêmicas sobre uso de fantasia de indígena no carnaval
Cacique participará do carnaval da capital pela primeira vez, no domingo (22) e segunda (23) no Circuito Osmar (Campo Grande). Cacique Raoni comenta polêmicas sobre uso de fantasia de indígena no carnaval Em Salvador para participar da 1ª Mostra de Interação do Artesanato Indígena, o cacique Raoni Metuktire, conhecido mundialmente como porta-voz das lutas pelo meio ambiente e pelos povos indígenas falou sobre a polêmica envolvendo "fantasias" de índio durante o carnaval. Cacique Raoni foi indicado ao prêmio Nobel da Paz. Da etnia caiapó, o cacique Raoni não fala português e teve ajuda de um intérprete indígena durante coletiva de imprensa. "Não é por mal quem está fazendo. Quem está fazendo, faz porque quer se enfeitar, adquirindo nossas vestimentas, nosso cocar, nossas coisas. Nós usamos objetos de vocês também, então é uma troca. Ele gosta e fica contente e alegre", disse o intérprete, após o cacique se pronunciar sobre as vestimentas de índio no carnaval. O cacique participará do carnaval de Salvador pela primeira vez, ao lado do cantor e compositor Edu Casanova, no domingo (22) e segunda (23) no Circuito Osmar (Campo Grande). Veja mais notícias do estado no G1 Bahia. Initial plugin text
Wed, 19 Feb 2020 16:32:22 -0000
Idoso é preso por estuprar e engravidar neta de 12 anos, no interior do AM

Vítima, atualmente com 22 anos ainda era menor de idade quando crimes aconteceram. Homem alegou à polícia que estava por entidades. Vítima chegou a engravidar do agressor, que era seu avô. Foto: Divulgação Polícia Civil - AM Na manhã desta terça-feira (18), um idoso foi preso e condenado a 11 anos em regime fechado por ter abusado sexualmente e engravidado a própria neta, uma menor, de 10 anos de idade, no município de Borba, distante 151 quilômetros de Manaus. Atualmente, vítima tem 22 anos. De acordo com a escrivã da 74ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Borba, Carla Vieira, o suspeito foi preso em via pública, no Centro do município. Atualmente com 22 anos de idade, a vítima chegou a engravidar do avô, aos 12 anos, em decorrência dos estupros. “Além das diligências indicarem a existência do delito, um teste de DNA constatou que o infrator era realmente o pai do filho da vítima, o que confirmou o cometimento dos estupros. Ainda naquele ano, o idoso se tornou foragido da Justiça”, explicou a escrivã Carla. Ainda conforme a delegada, após ser conduzido à sede da delegacia, o idoso alegou, em depoimento, que nas ocasiões em que cometia os crimes, estaria incorporado por entidades. A ordem judicial em razão de sentença condenatória, em nome dele, foi expedida no dia 11 de fevereiro deste ano, pelo juiz Leonardo Mattedi, da Comarca de Borba. Após os procedimentos cabíveis, ele permanecerá na carceragem da unidade policial, onde irá cumprir a pena.
Wed, 19 Feb 2020 16:31:29 -0000
Baixa oferta faz preços dos ovos subirem pela sétima semana consecutiva, diz Cepea/USP

Em contrapartida, procura pela proteína subiu com a volta das aulas em fevereiro. Alta acumulada em um ano para o consumidor é de 27%, segundo associação de supermercados. Preço do ovo sobe 27% neste ano e supera altas da carne bovina, diz pesquisa O preço dos ovos subiu pela sétima semana consecutiva no mercado doméstico, segundo dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea /USP), do campus da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) em Piracicaba (SP). A menor oferta do produto no início do ano, na maioria das regiões produtoras, foi o principal motivo que afetou essa alta, de acordo com a pesquisa. Os colaboradores do Cepea explicam que a disponibilidade reduzida da proteína está relacionada com um planejamento do setor em diminuir o lote de galinhas entre o fim do ano passado e o início de 2020, o que ocasionou a baixa oferta do produto. Preços dos ovos subiram com baixa oferta, segundo o Cepea Reprodução/EPTV Além disso, com o início das aulas entre o final de janeiro e início de fevereiro, a procura por ovos aumentou, já que as merendas escolares absorvem boa parte da produção da proteína. Essa alta demanda influenciou diretamente no preços do produto. A pesquisa do Cepea aponta ainda que a baixa oferta ampliou ainda a diferença entre os preços dos ovos vermelhos e brancos, a maior em 10 meses. Os vermelhos ficaram mais caros que os brancos, atingindo os mesmos valores do período da quaresma no ano passado, entre o início de março e fim de abril, período que costuma favorecer as vendas de ovos, segundo o Cepea. Alta acumulada de 27% no bolso do consumidor Segundo a Associação Paulista de Avicultura (Apa), a alta acumulada dos preços dos ovos em um ano é de 27%. O valor já ultrapassa o aumento do frango e da carne bovina. Segundo o diretor técnico da Apa, José Roberto Bottura, além da demanda, os preços do milho também influenciaram nesse aumento. "A galinha, 60% da alimentação dela é milho. E o milho, no ano passado, estava na faixa de R$ 42 e hoje estamos falando em R$ 55,50. Então, o custo do milho influenciou demasiadamente no custo de produção [...]. Por outro lado, estamos com uma população de baixo poder aquisitivo, estamos com desemprego elevado e isso faz com que essas pessoas que têm menos oportunidade de compras partir para o ovo em função do preços das carnes", explica. Os consumidores já têm sentido no bolso essa alta. O fisiculturista Márcio de Campos conta que consome quase 10 ovos por dia, e agora tem que desembolsar um valor maior pra manter a dieta. "Aquela dúzia de ovos que você comprava por R$ 6 hoje você tá pagando R$ 10, R$ 9 a dúzia. E é uma das fontes de proteínas mais baratas que nós atletas temos hoje. Não só eu, mas muitos outros atletas vão sentir no bolso", conta. Veja mais notícias da região no G1 Piracicaba
Wed, 19 Feb 2020 16:31:07 -0000

This page was created in: 0.01 seconds

Copyright 2020 Oscar WiFi

This website or its third-party tools use cookies, which are necessary to its functioning and required to achieve the purposes illustrated in the cookie policy. By closing this banner, scrolling this page, clicking a link or continuing to browse otherwise, you agree to the use of cookies. If you want to know more or withdraw your consent to all or some of the cookies, please refer our Cookie Policy More info